Cidade Partida

Cidade Partida A cidade partida do t tulo deste livro o Rio de Janeiro cen rio de uma verdadeira guerra a da sociedade contra os bandidos Durante dez meses Zuenir Ventura autor de o ano que n o terminou fre

  • Title: Cidade Partida
  • Author: Zuenir Ventura
  • ISBN: 9788571644038
  • Page: 259
  • Format: Board book
  • A cidade partida do t tulo deste livro o Rio de Janeiro, cen rio de uma verdadeira guerra a da sociedade contra os bandidos.Durante dez meses, Zuenir Ventura, autor de 1968 o ano que n o terminou, freq entou a favela de Vig rio Geral tristemente famosa pela chacina de 21 pessoas em agosto de 1993 , convivendo com o outro lado da cidade, onde a vida n o vale nada e aA cidade partida do t tulo deste livro o Rio de Janeiro, cen rio de uma verdadeira guerra a da sociedade contra os bandidos.Durante dez meses, Zuenir Ventura, autor de 1968 o ano que n o terminou, freq entou a favela de Vig rio Geral tristemente famosa pela chacina de 21 pessoas em agosto de 1993 , convivendo com o outro lado da cidade, onde a vida n o vale nada e a viol ncia a linguagem do cotidiano Ao mesmo tempo, acompanhava ativamente a mobiliza o da sociedade civil contra a viol ncia, que resultou no movimento Viva Rio Este livro o impressionante relato, muitas vezes emocionado, deste correspondente de uma guerra de lances surpreendentes e her is inusitados, cuja solu o n o consiste meramente em destruir um suposto inimigo, mas em incorporar a massa de exclu dos sociedade.

    • Cidade Partida - Zuenir Ventura
      259 Zuenir Ventura
    • thumbnail Title: Cidade Partida - Zuenir Ventura
      Posted by:Zuenir Ventura
      Published :2019-05-08T00:07:08+00:00

    About " Zuenir Ventura "

  • Zuenir Ventura

    Zuenir Carlos Ventura um jornalista e escritor brasileiro colunista do jornal O Globo e da revista poca.Ganhou o Pr mio Jabuti em 1995, na categoria reportagem, pelo livro Cidade Partida.

  • 742 Comments

  • A perspectiva de Zuenir nesse livro é terrivelmente viciante. E o mais incrível énlee um livro de 20 anos atrás que marcava o início do que já nos é cotidiano, e que de certa forma nem começava ali, mas sempre vemos os problemas como novidade pela forma que são noticiados. Há vinte anos atrás falava-se do tráfico, de ocupação militar em favelas, de chacinas, de corrupção policial, de extermínio da população pobre e negra, de direitos humanos, de ongs, da igreja evangélica Um [...]




  • Post Your Comment Here

    Your email address will not be published. Required fields are marked *